Guia dos Monstros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Guia dos Monstros

Mensagem por Atena em Dom Set 09, 2012 10:20 am

Quimeras
A quimera é um monstro pavoroso, que soltava fogo pelas narinas. A parte frontal de seu corpo era uma mistura de leão e de cabra, e a parte traseira de dragão.

Esfinge
Um leão alado com uma cabeça de mulher, demônio exclusivo de destruição e má sorte.



Grifos
É um monstro com corpo de leão, a cabeça e as asas de uma águia e o dorso recoberto de penas.


Centauros:
são uma raça de seres com o torso e cabeça humanos e o corpo de cavalo





Fenix
Pássaro que quando morria, explodia, depois renascia das próprias cinzas era normalmente sua penas eram vermelhas e ela poderia se transformar em fogo .


Cérbero
Cão de três cabeças que guardava o portão do Sub-Mundo.






Hidra
Tinha corpo de dragão e nove cabeças de serpente.


Minotauro
Uma criatura com a cabeça de um touro sobre o corpo de um homem.






Gargonas
Filhas de Fórces com Ceto, irmãs das Gréias. Eram monstros alados, horríveis, com serpentes no lugar do cabelos, petrificavam quem as olhasse nos olhos. Moravam na Lídia, perto do jardim das Hespérides. Eram três: Esteno (a violenta), Eríale (a errante) e Medusa (a dominadora).


Greias
Chamadas de "As Velhas Mulheres" quando vieram ao mundo já eram velhas. Na origem, era duas: Ênio e Péfredo, às quais, mais tarde juntou-se Deino. Possuíam um só olho e um só dente, comum as três, dos quais se serviam alternadamente. Viviam no extremo Ocidente, no País da noite, onde o Sol nunca resplandecia


Sereias
Seres fabulosos, metade mulheres e metade aves, demônios ou divindades marinhas, nascidas de Aqéloo e de Melpômene. Situadas, segundo a tradição, numa ilha rochosa no Mediterrâneo, cativavam com o seu canto os marinheiros e os faziam naufragar de encontro aos recifes. Ulisses ouviu-as depois de ter fechado com cera os ouvidos de seus companheiros e ter-se amarrado ao mastro da nau para resistir as suas tentações.

Talquines
Os Telquines eram demônios marinhos, filhos de Pontos com Tálassa Em algumas versões do mito de Poseidon, foram eles os criadores do Tridente do Deus do Mar, e não os ciclopes. Mas quando começaram a utilizar magia negra, foram lançados ao Tártaro por Zeus.

Tifon:
Ser que atacou o Olimpo há milhares de anos. Os próprios Deuses tiveram dificuldade com ele. Pai de Hidra, Cérbero e Ortros, filhos dele com Équidna.


Manticora:
Seu tamanho varia. Geralmente é um leão com uma face humana. Pode bem usar sua cauda de escorpião para jogar projéteis embebidos em um veneno mortal





Caribdis:
Irmã de Squila, monstro marinho enorme, muito poderoso.




Squila
Irmã de Caribdis, protetora de mares.











Leão de Nemeia:
Leão com pele praticamente invulnerável, muito difícil de perfurar. Foi derrotado por Hércules.



Ortros:

Cão de duas cabeças, filho de Équidna e Tifon. Ágil e Feroz.



Gerião:
Gigante, com corpo de serpente. Extremamente poderoso e forte quando em fúria. Vive em uma ilha com seu rebanho.


Fintan
Na mitologia celta, o salmão da sabedoria, era um metamorfo. Foi o unico irlandês a sobreviver ao dilúvio mudando sua forma para um falcão para sobrevoar as águas e depois em salmão para nelas sobreviver. Tendo comido nozes mágicas recebeu todo o conhecimento, mas ficou preso numa rede e foi comido por Finn MacCool que acabou adquirindo seu conhecimento e seus poderes.





Hecatônquiros
eram três gigantes da mitologia grega, filhos de Urano e Gaia e irmãos dos doze Titãs e dos três Ciclopes



Lâmia
um demônio devorador de crianças. Chamavam-se também de Lâmias um tipo de monstros, bruxas ou espíritos femininos, que atacavam jovens ou viajantes e lhes sugavam o sangue.




Erínias
As Erínias (Fúrias para os romanos – Furiæ ou Diræ) eram personificações da vingança, semelhantes a Nêmesis. Enquanto Nemesis punia os deuses, as Erínias puniam os mortais. Eram Tisífone (Castigo), Megera (Rancor) e Alecto (Interminável).





Javali de Erimanto

javali de Erimanto era, na mitologia grega, um monstro terrível que descia todos os dias do monte Erimanto, na Arcádia, para assolar as vizinhanças. No quarto dos seus famosos doze trabalhos, Héracles recebeu a missão de capturar vivo o javali e trazê-lo até o rei Euristeu.


Basilisco
Este animal era chamado ''o rei das serpentes'' tendo na cabeça para confirmar sua realeza, uma crista em forma de coroa. Supunha-se que nascia de um ovo de galinha que era chocado por uma rã ou por uma serpente. Havia várias espécies de serpentes. Uma delas queimava todos aqueles que dela se aproximavam. Uma outra assemelhava-se a cabeça da Medusa, sua visão causava tal horror que provocava a morte imiediata!






Caríbdis
Caríbdis (em grego antigo Χάρυβδις) era um monstro marinho protetor de limites territoriais no mar. Em outra tradição, seria um turbilhão criado por Poseidon.


Ciclopes
Os ciclopes (do grego Κύκλωψ, "olho redondo") eram, na mitologia grega, gigantes imortais com um só olho no meio da testa que, segundo o hino de Calímaco, trabalhavam com Hefesto como ferreiros, forjando os raios usados por Zeus.

Gerião
Gerião (do grego antigo Γηρυών), na mitologia greco-romana, o nome de um dos gigantes, filho de Crisaor e de Calírroe, dotado de três cabeças; era irmão de Équidna, monstro metade mulher metade serpente, que gerou o cão Ortro, que velava pelo gado de Gerião. Seu mito está ligado ao de Hércules, a quem coube, num dos seus trabalhos, roubar-lhe os bois.


ACROMANTULA
Espécie de aranha negra gigante de oito olhos, com pêlos negros e grossos e pernas cuja envergadura pode atingir até 4 metros.A acromantula é capaz de falar o idioma humano,porém é muito violenta;atacando qualquer um que entre em seu "ninho"

DRAGÃO
Monstro fabuloso, geralmente é representado como um grande lagarto ou cobra alado que lança fogo pela boca. Existem vários tipos de Dragão .







Súcubo
Súcubo (em latim succubus, de succubare) é um mito de um demônio com aparência feminina que invade o sonho dos homens a fim de ter uma relação sexual com eles para lhes roubar a energia vital.

Dragão da Cólquida
na mitologia grega, era conhecido como o guardião do velocino de ouro, no qual o herói Jasão e os argonautas conseguiram se apoderar. O dragão da Cólquida era muito grande, mas era muito lento. A lenda diz que dormia com um olho aberto e outro fechado. Muitos heróis tentaram, mas apenas Jasão conseguiu. Para conseguir o velocino dourado, os heróis teriam que matar búfalos de fogo, semear seus dentes, lutar com guerreiros cadavéricos nascidos dos dentes, chamados Sparti, derrotá-los para chegar até o dragão e matá-lo. Tudo isso no mesmo dia.

Lobisomem
Lobisomem ou licantropo (do grego λυκάνθρωπος: λύκος, lykos, "lobo" e άνθρωπος, anthrōpos, "homem"), é um ser lendário, com origem em tradições europeias, segundo as quais, um homem pode se transformar em lobo ou em algo semelhante a um lobo em noites de lua cheia, só voltando à forma humana ao amanhecer.












Medusa
A Medusa (em grego: Μέδουσα, Médousa, "guardiã", "protetora"), na mitologia grega, era um monstro ctônico do sexo feminino, uma das três Górgonas. Filha de Fórcis e Ceto (embora o autor antigo Higinointerpole uma geração e cite outro casal ctônico como os pais da Medusa), quem quer que olhasse diretamente para ela era transformado em pedra. Ao contrário de suas irmãs Górgonas, Esteno e Euríale, Medusa era mortal; foi decapitada pelo heroi Perseu, que utilizou posteriormente sua cabeça como arma até dá-la para a deusa Atena, que a colocou em seu escudo. Na Antiguidade Clássica a imagem da cabeça da Medusa aparecia no objeto utilizado para afugentar o mal conhecido como Gorgoneion.





Atena
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Mensagens : 189
Data de inscrição : 16/09/2010

Ficha do personagem
HP:
100000000/100000000  (100000000/100000000)
MP:
100000000/100000000  (100000000/100000000)
Level: Infinito

http://camphalfbloodrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum