Área de Treinamento contra Monstros

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Samantha Labarete em Dom Set 02, 2012 3:41 pm

Mais uma vez,vou até a Arena,melhorar meus poderes e habilidades em batalha.
Era uma noite escura,o céu sem sinal de estrela mas com uma lua linda,jogando seu brilho prateado na arena.
Dessa vez,á minha espera,se encontrava um filhote de Basilisco,razoavelmente grande.
Rapidamente fechei meus olhos.O olhar de um basilisco filhote,ainda não pode matar,mas deixa inconsciente durante um longo período.
Tomei como prioridade cegar a serpente,que sibilava nervosamente.
-METEOR!!-Ordenei.
Sem perder tempo,meu lobo lançou duas enormes pedras chamejantes em direção ao rosto do basilisco.
Obtivemos êxito em apenas uma,que acertou em cheio seu olho direito.
Com um urro de dor,a cobra se sacudiu,por pouco não me derrubando com a cauda.
Por ser um filhote,a serpente parecia ser um desafio BEM leve.
Agarrando meu arco,lanço três flechas em seu olho esquerdo.
Devido á minha mira impecável de caçadora,eu acerto em cheio.
O basilisco,nervoso e sangrando,avança velozmente e morde meu lobo,cravando as presas em seu dorso.
Pego minha katana,e em um movimento desesperado e furioso,a finco em seu peito,matando-o.
O animal explode em uma nuvem de pó,e eu ouço um ganido fraco e sofrido.
Meu lobo estava caído no chão,com um ferimento feio e viscoso nas costas.Sentindo meus olhos lacrimejarem,pego Rupert no colo e o levo,com o pelo empapado de sangue,até a enfermaria.
Mais um treino.Mais um ferimento.


Artemis: 400 XP e 200XP pro pet. Parabéns, foi muito bom Smile

_________________

Samantha Labarete
• Miss Better Than You •

Whazzup Convidado ? I'm Sam, Athena's kid


avatar
Samantha Labarete
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena

Mensagens : 72
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 18

Ficha do personagem
HP:
177/177  (177/177)
MP:
166/166  (166/166)
Level: 11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Gabriel Parker em Seg Set 03, 2012 7:02 pm

Como de costume fui até a arena, chagando lá me encontrei com dois cães infernais, eles não deram chance me ataque. Ai foi quando chamei minha nuvem particular, peguei duas espadas e comecei a atacar porém não surtiu efeito, então devolvi minhas espadas peguei meu arco e minhas flechas juntei quase todas puis um pouco de energia e soltei para o ar eles não entenderam, ai foi que foi que todas caíram atacando ele disse :
Vocês ainda dizem que são cães infernais (PARA DEIXA-LOS MAIS NERVOSO)
eles começaram como se tive-se vindo da guerra para cima de mim estavam feridos, chamei meu Lobo Infernal (Sherlock) e eles recuaram então disse :
-FIREEEEEEEEEEEEEEE
Meu lobo atacou eles tão forte com uma bola de fogo e ficaram todos chamuscados chamei novamente minha nuvem (ela deve estar revoltada de ser feita de barata tonta) ai coloquei bem rápido o arco e as flechas e peguei novamente as espadas e comecei atacar sem parar um deles me atingiu eu cai, morderam meu lobo fiquei com muita raiva e ataquei um deles arrancando a cabeça o outro ficou só na defensiva,, ai disse :
- FIREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
Meu lobo soltou uma bola muito grande de fogo más tinha um truque enquanto ele fosse se defender do ataque atingi ele em outro ataque ficou machucado dei um golpe transversal no rosto que fez ele ficar cego, caiu no chão sem força e morreu.

Artemis: Atenção para a ortografia e coerência. 300XP e 150XP pro pet.

_________________
Biel / Filho de Zeus
avatar
Gabriel Parker
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus

Mensagens : 71
Data de inscrição : 30/06/2012
Idade : 17
Localização : SP

Ficha do personagem
HP:
151/151  (151/151)
MP:
139/139  (139/139)
Level: 6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Samantha Labarete em Qua Set 05, 2012 7:31 pm

Mais uma vez,me dirigi á arena para treinar.Levei Rupert comigo,naturalmente.
Ao chegar e me deparar com um cão infernal,logo apanho minha espada Fusion Swords e Rup se põe em posição de ataque.
-FIRE!-Ordeno.E Rup lança uma quantidade imensa de fogo no focinho do bicho.
O cão,confuso pela repentina nuvem de fogo,fica desnorteado e se torna um alvo fácil.
Pegando impulso com uma corrida,salto sobre suas costas e cravo a Fusion em seu dorso peludo.
Infelizmente,isso não foi o suficiente para matá-lo.Com o animal ganindo e se contorcendo,fica complicado me manter em pé.Agarro-me á minha espada ainda cravada e berro:
-Meteor!
Com uma rajada de pedras chamejantes voando em direção ao seu rosto,o cão mais uma vez se distrai por tempo o suficiente,me dando uma chance de retirar a espada e voltar ao chão.
Ferido,queimado e furioso,o cachorrão contra-ataca e me dá uma mordida na perna,que imediatamente explode em dor.
Mesmo ferida,tinha de matar o monstro.
Minha perna sangrava.Porém,suportei a dor e corri em sua direção,aplicando um golpe de espada com todas as forças que me restavam.
O cachorro explodiu em poeira,e eu caí ao chão.
Rup tomou sua forma humana,e me ajudou a chegar até a enfermaria


Artemis : Nada mal 350 XP e 150 XP pro Pet

_________________

Samantha Labarete
• Miss Better Than You •

Whazzup Convidado ? I'm Sam, Athena's kid


avatar
Samantha Labarete
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena

Mensagens : 72
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 18

Ficha do personagem
HP:
177/177  (177/177)
MP:
166/166  (166/166)
Level: 11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Paulo Moura Labarete em Qua Set 05, 2012 9:17 pm


Entro na arena para treinar e me deparo com uma pequena ilha e uma serpente marinha.
- Três minutos devem bastar. - Disse, sacando as Armas de Libra da Caixa-Guarda-Tudo e invocando algumas sombras para usá-las. Rapidamente, a serpente investiu contra minha pessoa, quase me acertando. Assustei, e me joguei para o lado. Quando recuperei a calma, ela investiu novamente, e eu usei as Blades para dar um pequeno corte no seu focinho e pulei para o lado. a Serpente estava furiosa.
- Hm... Burra.
A Serpente gritou e outra serpente apareceu. Só nisso havia se passado um minuto e vinte. Bom, haviam duas. E daí? Tinha mais tempo. Sem a corrente de Andrômeda, só havia o Chicote de Balron. Melhor que nada. Usei o chicote para amarrar uma serpente à outra
Nesse momento, apareceu uma terceira, um pouco menor. Deixei que as Sombras com Armas de Libra se virassem com a menor enquanto eu me resolvia com as outras duas. Ataque a primeira com a Blade, e ela gritou. Se soltou das correntes e ambas investiram contra mim. Bom, só havia uma opção: FOGO! Mas eu não podia controlar o fogo tão bem, e eu precisaria de uma quantidade IMENSA de fogo para derrotar ambas as serpentes, e a quantidade podia fugir do controle... Então arquitetei um plano: O Chicote de Balron e as Correntes do Escudo de Libra eram imunes à fogo... Joguei as três armas em um tipo de espiral para conter o fogo. Felizmente, funcionou como eu esperava, e eu usei mais sombras para manter a espiral firme no ar. Então, usei uma rajada de fogo verde, tão forte quanto eu conseguia sem acabar comigo mesmo de uma vez, para queimar ambas as serpentes. As deixei queimando e me concentrei na terceira. Usei as sombras para por as Armas de Libra de volta na Caixa-Guarda-Tudo. Nisso, haviam se passado 2 minutos. Olhei no relógio de pulso e me apressei. Usei todas as sombras que eu tinha invocado para usar a técnica que eu estava "ensaiando". Prendi a serpente em uma camada preta tão grossa quanto eu consegui. Quando ela ficou imobilizada e só com a cabeça para fora, fiz o que eu queria.
- A Torre de Sombras! Exploda, Torre de Dingir!
Usei as sombras para conduzir o fogo verde e as comprimir a serpente. Ela estourou. Me virei para as queimadas, e vi que estavam mortas. Virei as costas para elas,recolhi as armas e fui embora. 2 minutos e 56 segundos. Quase lá.


Afrodite: Muito Bom! 450 XP e 200 XP pro Pet
avatar
Paulo Moura Labarete
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades

Mensagens : 96
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 18
Localização : Onde você menos espera

Ficha do personagem
HP:
172/172  (172/172)
MP:
211/211  (211/211)
Level: 12

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Thiago Moura Labarete em Seg Set 10, 2012 10:27 am


Chego na arena junto com o meu pai querendo treinar e me tornar mais forte para me defender, assim como meu pai disse que eu precisaria ficar. Quando eu chego na arena, encontro um cão infernal enorme. Bom, ele era com certeza maior que eu. Então, pego as espadas de libra que meu pai trouxe. Ele tira as espadas da minha mão, e diz que eu deveria usar os escudos, afinal, eles combinam ataque e defesa. Pergunto como eles atacam, e meu pai puxa a corrente para mostrar isso. Eu pego a corrente e jogo o escudo. Eles envolvem o cão e o deixam ganindo. Logo depois, pego os tridentes e jogo no cão. O cão queima e se livra, me assustando muito. Eu corro para o meu pai. Ele diz que está tudo bem, é normal se assustar na primeira vez. Então ele me pega no colo e joga suas sombras no cão. Prende ele e pede que eu finalize ele. Ele então me entrega as espadas de libra. Eu coro com a espada na mão, e espeto ela na cara do cão. Ele explode, e eu saio da arena com o meu pai, determinado à ficar mais forte!


Afrodite: Que gracinha! *-* 350 XP
avatar
Thiago Moura Labarete
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena

Mensagens : 19
Data de inscrição : 06/09/2012

Ficha do personagem
HP:
107/107  (107/107)
MP:
106/106  (106/106)
Level: 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Luna T. White em Qui Set 20, 2012 2:48 pm

Estava sem fazer nada o dia todo e então resolvo ir para o centro de trinamento me aperfeiçoar. Chegando lá dou de cara com um morcego gigante e deformado que logo reconheço como uma benevolente. Ouço Lupin meu lobo de gelo rosnar baixo ao meu lado. Pego cinco flechas e atiro-as sequencialmente com o intuito de danificar, na verdade danificar é um eufemismo para matar, a Fúria. Apenas uma pega de rapão deixando um talho no seu braço esquerdo. Ela alça voo e vem em minha direção. Esquivo no ultimo instante dando uma cambalhota. Ela dá um rasante e vem com as enormes unhas pra cima de mim. Como ela tinha sido muito rápida apenas coloquei os braços sobre a cabeça para me defender. Suas unhas cortam meu braço próximo ao cotovelo, superficialmente.

- Seu aborto do Tártaro.

Pego minhas duas adagas e quando ela passa novamente por perto de mim consigo arrancar uma de suas mãos que se transforma em pó. Ela uiva e faz jus ao seu nome de Fúria. Me ataca violentamente me derrubando de lado. Nada me acontece. Ela levanta voo para descer de uma vez e me esmagar. Olho para Lupin e digo asas e depois - Fire - e ele atira uma bola de gelo em cada asa. Erra a direita porém acerta a esquerda em cheio desequilibrando a benevolente e derrubando. Prenda-a no chão - Fire - e ele solta uma bola de gelo em cada pé da Fúria prendendo-a ao chão. Tiro meu presente de reclamação, um chicote com a ponta de bronze, da cinture e estalo ele no ar. O monstro praguejava e olhava fixamente meu lobo.

- Você nunca mais enfrentará uma filha de Afrodite.

Lanço o chicote e puxo com força fazendo o golpe abrir um enorme corte na asa direita da bruxa. Ela grita e começa a espumar pela boca.

- Muito menos se essa tal filha de Afrodite for caçadora de Artemis.

Atiro uma flecha que transpassa a asa esquerda que ainda estava esbranquiçada do gelo. ais um berro e insultos.

- Volte para o tártaro sua vadia infeliz.

Dizendo isso giro minhas duas adagas - Fire - e meu lobo lança uma bola de gelo no rosto do monstro, jogo então as adagas que encaixam cada uma em um globo ocular. Ouço o maior berro da minha vida, e depois uma explosão dourada. Balanço os cabelos, recolho minhas armas e saio dali com um sorriso no rosto.

Deméter: Adoreeei!!! Ganhou um bastão que controla as plantas e 250 de XP
=^.^=

_________________




Luna T. White
avatar
Luna T. White
Filho(a) de Afrodite
Filho(a) de Afrodite

Mensagens : 14
Data de inscrição : 15/09/2012

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
120/120  (120/120)
Level: 5

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Stramberry em Qua Out 03, 2012 9:53 am

Certo dia fui a arena treinar pois estava num tédio sem fim, chegando lá estava com meu escudo Lion's Head Shilde, e minhas flechas lunares, quando cheguei vejo dois lobos tipo terra se mexendo, eles já vieram correndo atrás de mim, subi numa das arvores e invoquei uma animal da natureza (por estar próxima a ela), ele veio um lobo tipo terra então assoviei e chegou meu lobo tipo gelo e mandei eles atacarem os lobos um deles foi para debaixo da terra e ficou nos atacando por baixo da terra fiquei na arvore só observando seus golpes, até que percebi que ele sempre atacava com dois golpes para direita, e dois para esquerda, um golpe para frente, e outro para trás então disse para meu lobo soltar gelo no chão ele soltou e ficou tudo congelado quando o lobo terra tentou atacar o lobo da natureza mandei ele pelar então peguei minhas flechas lunares e joguei muito forte em sua pata que fez ela virar pó, ai ele tentou fugir porém ele foi para floresta quando chegamos na floresta invoquei mito mais bichos da natureza e mandei procurarem e capturarem. Até que eles voltam com o lobo vivo miro 7 flechas nele e ataco uma de cada fez até quem ele vira pó lentamente e me ataca defendo-me com meu escudo e então digo para meu lobo o congelar pelo menos o pó que sobrou e levo de recordação para mim.


Deméter:
Cuidado com os erros de pontuação! Você acabou deixando o texto confuso. E lembre-se dos parágrafos. Wink
100 XP

_________________
Stramberry/ Filha de Ártemis/ Caçadora de Ártemis

avatar
Stramberry

Mensagens : 11
Data de inscrição : 30/09/2012

Ficha do personagem
HP:
103/103  (103/103)
MP:
103/103  (103/103)
Level: 3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Gabriel Parker em Dom Out 07, 2012 8:44 am

Era uma terça-feira e resolvi batalhar, então fui até a arena, estava vazia apanas tinha um único minotauro muito bravo, e uma fênix de gelo, quando vi aquilo fiquei muito assustado só tinha levado meu escudo Lion's Head Shield, minha espada espartana, meu arco longo e minhas flechas de bronze. Eu já cheguei causando lá, peguei minha espada subi em cima do meu lobo e joguei ela em cima do minotauro ele desvia e me ataca ainda bem que antes dele me atacar coloquei meu escudo na flecha, porém isso não diz que seu ataque foi fraco pois me machucou bastante deixando ele bem debilitado sem chance de se mover, disse para meu lobo:
-FIREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
Meu lobo atendeu meu pedido e o atacou com toda sua ira, ai veio a Fênix e me atacou no pé e ele ficou congelado, chamei minha nuvem particular, e peguei meu arco e minhas flechas de bronze que não são nada leves, mirei bem na sua asa e coloquei um pouco de energia e o atingi sua asa ai pensei (como estou fazendo isso com tanto sangue frio?!), ai peguei minha flecha e atirei em seu olho a Fênix cai e vira pó numa fração de segundos, depois tirei minha espada que estava no corpo do minotauro tiro bem devagar para ele sentir muita dor depois corto sua cabeça e mando meu lobo o queimar, e disse:
Espero que você queime no Tártaro.


Deméter:
Você deve saber quando colocar pontos finais ou vírgulas.
Quando for colocar o que pensou, use aspas. Tome isto como exemplo:
"Aquilo me fez ficar surpresa e pensar: "Nossa! Uma festa de aniversário surpresa pra mim? Será que sou digna?""
Quando for colocar uma fala, use travessões. Exemplo:
"Eu fiquei indignada. A única coisa que eu soube dizer foi:
-Saia de cima da minha cama agora! E leve seu cachorro junto. Não quero ninguém, ouviu? Ninguém em cima da minha cama!"
Não exagere nos seus posts, isso também não é uma boa.
Bem, além disso, você errou uma palavrinha ou outra. Vou dar a mesma dica que dei para Derek a algum tempo: Quando for fazer um treino, missões ou qualquer outra coisa, faça seu post e depois leia tudo para ver se você não errou ou quer mudar/melhorar alguma coisinha.
Bem, exceto isso, você melhorou bastante no aspecto acentuação de palavras. Parabéns!
Para você, darei 50 XP. Para seu pet, o mesmo.
Espero que melhore! =^.^=

_________________
Biel / Filho de Zeus
avatar
Gabriel Parker
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus

Mensagens : 71
Data de inscrição : 30/06/2012
Idade : 17
Localização : SP

Ficha do personagem
HP:
151/151  (151/151)
MP:
139/139  (139/139)
Level: 6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Gabriel Parker em Seg Out 08, 2012 6:05 pm

Certo dia me encontrei com um dos meus amigos no acampamento e disse para ele :
- Eai como você esta faz tanto que não te vejo ?!
Ele :
-Vou bem, estou indo para o chalé de meu pai!
Eu :
- Legal, vou matar uns monstros ai!
Ele:
-Tchau
Eu :
-Tchau.
Fui a arena treinar (tentar melhorar minha ortografia), chegando lá me encontro com duas Fênix (por ironia do destino, uma de fogo outra de gelo), elas aparentaram não gostar de mim como só estava com meu lobo, com meu escudo Lion's Head Shield e minha espada espartana.
Já peguei minha espada, e espero a Fênix vir para cima de mim, então uma delas vem para mim pensei muito rápido, deitei e levantei minha espada e acertei sua asa que na hora virá pó, ela fez um barulho (pensei que não era nada), a outra Fênix fez uma roda de fogo na minha volta, porém lembrei que podia voar, voei o mais alto que podia a Fênix subiu más na hora que ela subiu desci muito rápido e passou de raspão na asa dela. Ela queima minhas costas caio com muita força no chão, penso que não conseguiria vou continuar na batalha e invoco animais da natureza com a benção de Deméter, e chamo a minha nuvem voadora e pego meu arco e minhas flechas, uso a benção de Ártemis e uso as flechas invisíveis (só que ataca consegue vê-la), miro no olho da Fênix machucada e ela vira pó muito rápido. A Fênix de fogo ainda fica viva e repito o golpe, na mesma só que uso mais um golpe, jogo as flechas e ela desvia porém ela não viu eu atacar ela com minha espada e acerta seu pescoço ela cai no chão e vira pó.



----
Hefesto: Parabéns! 200XP. Só não entendi uma coisa, porque aquele diálogo no início do post se de nada influenciou no desenrolar dele? Quando for colocar um diálogo que ele seja útil. O treino foi bom, a pesar de os inimigos terem sido seres magníficos e não monstros no geral. (no meu ponto de vista)

PS: Você só não ganhou o dobro de XP porque eu menosprezo campistas que não usam os poderes de seus pais e usam bençãos, você é filho de um dos 3 grandes então crie vergonha na cara e use os poderes de seu pai, acho um insulto você usar os de outro deus. (salvo um grupo extra)

_________________
Biel / Filho de Zeus
avatar
Gabriel Parker
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus

Mensagens : 71
Data de inscrição : 30/06/2012
Idade : 17
Localização : SP

Ficha do personagem
HP:
151/151  (151/151)
MP:
139/139  (139/139)
Level: 6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Paulo Moura Labarete em Sex Out 19, 2012 6:23 pm

Entrei na arena, e lá me esperava um Leão de Nemeia. Ok, realmente não era um monstro fácil. Mas eu queria estrear minha armadura. Então encarei ele e investi contra os olhos dele. Até onde eu sabia,os olhos não eram invulneráveis. Pulei no focinho dele, mas ele não gostou nem um pouco de ter um intruso na fuça e me jogou longe. Bem, eu precisaria de uma distração... Talvez se ele não soubesse de onde vinha o ataque. Usei a habilidade de Cavaleiro de Áries, a da Muralha de Cristal, porém não só uma. Várias. Enquadrei a mim e ao Leão dentro das paredes, que funcionavam como espelho. Então, usei a Extinção Estelar, um ataque que produz bastante luz, que iria refletir nas muralhas. Porém, o ataque em si viria de um só lugar. Funcionou. O ataque o atingiu em cheio, criando uma abertura para que eu enfiasse a espada em seu olho. O que eu esqueci era que ele também tem olfato. Bom, só havia duas opção:
Ou a boca, ou a parte de trás. Resolvi que a parte de trás era menos possível de me engolir durante um ataque. Usei a Rede de Cristal para prender ele, enquanto eu dava a volta e cravava a espada no fiofó do bicho. Pareceu funcionar, ele se transformou em pó, e eu tirei a espada de onde estava. Graças aos deuses não estava suja.

Afrodite: 350 xp.
Eu achei o treino bom,você testou seus novos poderes sem exagero e etc. Mas,da próxima vez,quando o inimigo for mais complicado como o Leão,tente fazer o treino maior e mais detalhado.

_________________
Paulo Moura Labarete, também conhecido por Chuchu, Senhor Bafo-De-Cadáver e Lorde Cheiro de Morto. Cavaleiro de Áries, Devoto de Hera, Filho de Hades

avatar
Paulo Moura Labarete
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades

Mensagens : 96
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 18
Localização : Onde você menos espera

Ficha do personagem
HP:
172/172  (172/172)
MP:
211/211  (211/211)
Level: 12

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Samantha Labarete em Sab Out 20, 2012 3:20 pm

Já fazia bastante tempo desde meu último treino,então decidi ir até a Arena enfrentar mais um desafio.
Dessa vez,á minha espera,se encontrava uma empousa
Eu mal tive tempo de ver o que me atacava.Ela investiu contra mim furiosamente,me obrigando a erguer o escudo e rolar para o lado,por pouco escapando de suas garras.
Ela sibilou e mostrou as presas.
Segurei firme em minha espada e ataquei.Ela tentou me morder,mas uma forte pancada com o escudo a impediu.
Mais um ataque rápido dela,que conseguiu ferir meu braço.
Doía bastante,mas me mantive forte.
A empousa veio para cima de mim,e eu consegui fazer um talho profundo na lateral de seu corpo.
-Maldita!-Rugiu ela.
Me afastei um pouco dela e ergui o escudo bem em tempo de me proteger de suas garras.
Usando a parte plana da espada,golpeei seu rosto,deixando-a suficientemente aturdida para que me desse tempo de invocar uma coruja em meu auxílio.
A coruja avançou sobre os olhos dela,o que me serviu bastante,já que eu não havia trago Meraxes.
Com um dos olhos feridos e no auge da cólera,a empousa me atacou,caindo sobre mim.
Pude sentir o cheiro horrível de seu hálito e o peso dela quase me esmagando.
Ela retirou uma adaga da bainha,e eu apanhei a espada.
Ela cravou a adaga em meu braço já ferido e eu gritei de dor.
Rolei sobre ela e cravei a espada em seu peito.
Com um grito de furar os tímpanos,a empousa se desfez em uma nuvem de poeira.
Cansada,suada e ferida,apanhei minha espada e fui até a enfermaria.


____________________________________
Hera: Gostei muitíssimo! Darei 500 XP ^^

_________________

Samantha Labarete
• Miss Better Than You •

Whazzup Convidado ? I'm Sam, Athena's kid


avatar
Samantha Labarete
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena

Mensagens : 72
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 18

Ficha do personagem
HP:
177/177  (177/177)
MP:
166/166  (166/166)
Level: 11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Corvo Attano em Sab Out 20, 2012 5:47 pm

Passeando pelo acampamento caminho a arena, era o meu primeiro treinamento então não pretendia fazer nada de errado, não havia praticamente ninguém lá e eu não entendi o porque, o ar estava um pouco tenso demais para um dia "normal", eu estava um tanto desconfortável então empunhei minha espada e fiquei em guarda. De repente um monstro muito maior que eu tenta investir em minhas costas, dando um pulo rolando pro lado consigo me esquivar fazendo o monstro continuar correndo atropelando o ar na sua frente. Um arrepio correu minha espinha, era um minotauro, me olhava com uma ira que ninguém nunca havia me olhando, percebi que ele pretendia tentar me acertar com sua investida novamente então me preparei. Com fumaça saindo de suas narinas o minotauro começava a se mover em minha direção com tudo que tinha, quando era a hora certo dei um salto para o lado e virei minha espada golpeando uma das pernas do minotauro e falo. - Tente novamente, amigo. O ataque que eu fiz não pareceu ter dado muito efeito sobre ele então tive que dar uns passos para trás ou seria golpeado. O minotauro apesar de ter sua perna esquerda cortada se moveu rapidamente tentando me acertar com a mão, com sorte consegui me esquivar e com rapidez cortei seu braço fazendo ele rugir de dor. Ambos estavam exaustos, mais o minotauro já estava quase acabado pois perdera muito sangue, ele se moveu lentamente até aonde eu estava e se ajoelhou de exaustam, achei que ele havia desistido porém ele tentou me segurar com seu outro braço então pulei sobre o braço dele já que estava ajoelhado e podia alcançar com bravura gravo a espada em seu pescoço transformando o minotauro em puro pó. Exausto sem quase me conseguir me mexer tentei me locomover para fora da arena e ir me deitar em meu chalé.
Afrodite: 350 xp
O treino foi bom,e você lutou bem,mas,da próxima vez,coloque mais parágrafos para o texto não ficar embolado e experimente usar seus poderes.
avatar
Corvo Attano
Filho(a) de Hermes
Filho(a) de Hermes

Mensagens : 2
Data de inscrição : 20/10/2012
Idade : 19
Localização : Camp Half-Blood

Ficha do personagem
HP:
106/106  (106/106)
MP:
106/106  (106/106)
Level: 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Leonard em Qui Maio 09, 2013 9:42 pm

O dia no acampamento era normal. O sol ao raiar fazia os rostos ensopados de suor dos campistas se iluminarem. Era dia de caça-bandeira, portanto, estava disposto a gostar grande parte das minhas energia, em alguns treinos.

Tomara meu café, e me pus a ir a arena.

( ... )


Cheguei no local, uma brisa fraca circundava o local. Tirei minha Jaqueta, e a toquei para cima de um dos bancos da arquibancada da arena. Retirei minha espada do cinto, e quando puxara, ousa-rá um som estranho, era um rosnado, mas fumigante. Retirei-a e me virei para o lugar de onde o som vira.

Observei bem, e percebi, era um Minotauro.

Ele estava ciscando, como um cão após fazer suas necessidades. Fui ligeiro, não perdi tempo, armei-me com minha espada e meu escudo, e segui em diante. Eu e o Centauro saímos correndo, um em direção ao outro. Ele bem que tentou enfiar seu chifre sobre mim, porém, fui rápido, e me toquei para o lado.

Escorreguei sobre a areia suja da arena, e sai correndo de volta para o monstro. Ele demorara para se virar, foi então que, eu fara um pequeno corte em sua perna.

- Arrghhhhhhh ! - O rosnar do Minotauro ecoou sobre a arena. Agora ele estava ainda mais bravo.


Correu em minha direção, o mais rápido que ele pudera. Sem chances de eu desviar. Me recocheteou com seu braço direito, mandando-me longe. Só parei por que a arquibancada me parara.

Estava ardendo de dor. Minhas costas queimavam devido a batida, meu olhar embaçado, piorava minhas chances de vencer o Minotauro. Me ergui, gambaleando de um lado para o outro, consegui ver algo. o Minotauro pegara uma espécie de mesa, estava preparado para tocar em mim. Foi então que, um vulto sobre-voara minha visão. A mesa estava vindo em minha direção. Mas então, algo brotara de minhas costas, pareciam ... Asas ? eram de cor negra, e graças a ela, que eu estará vivo agora. O par de asas me protegerá, se pondo em minha frente, fazendo a mesa se despedaçar em mim pedaços.

O brotar daquela coisa me fez ficar com mais energia, pronto para mais alguns socos e espadadas. Me reergui e sai correndo em direção ao Minotauro, porém ele fará o mesmo. Estávamos um a frente do outro, quando aquelas asas me surpreendera novamente. Elas me fizeram voar sobre o Minotauro, deixando-o por fora da batalha. Sua cabeça ficava me seguindo. Aproveitara o momento, e comecei a fazer milhares de cortes sobre seu corpo. Ele estava estupefato com oque eu estava fazendo contra ele.

Estava disposto a finalizar contra o animal.

Voltei-me para longe dele. Peguei impulso e atacara o Minotauro, ele tentou me abater com suas garras enormes, sendo que uma delas conseguiu atingir meu rosto, fazendo um grande corte nele. Me concentrei novamente, e o ataquei. Agora, fui em direção ao seu peito, desviei de seus golpes, e o finalizara.

( ... )


Com a espada enfiada em seu peito, ele se ajoelhará, ardendo de dor, e em seguida, cairá. Retirei minha arma de seu peito, e arquejei:

- Nunca mais se meta com um filho de Tânatos ! - Falei, enquanto via seu corpo se fazer em cinzas.




__________________________________________________________________
Hera: Eu me apaixonei muito pelo seu texto, muito bem! Darei 650 XP pra vc!
avatar
Leonard
Filhos de Tântanos
Filhos de Tântanos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 08/05/2013
Idade : 26

Ficha do personagem
HP:
181/181  (181/181)
MP:
197/197  (197/197)
Level: 15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Leonard em Sab Maio 11, 2013 10:56 pm

A noite de inverno no acampamento, fazia os campistas quererem se recolherem cada vez mais nos seus chalés. Muitos estavam á frente de lareiras, outros, se contentavam com casacos super, hiper, mega peludos.

Quanto á mim, estava igualmente a eles, mãos encolhidas nos bolsos do casaco, enquanto perambulava pelos locais do acampamento.

Muitas vezes, me acostumava a dar voltinhas antes de dormir, e aquela noite não iria ser diferente.

( ... )

Mas, algo me interrompera minha caminhada. Ao passar pela frente da arena, um grito de Socorro sucumbira pelo local. Me virei para o lado de onde o grito vira. Sai correndo para averiguar oque ocorria.

Era uma menina, quer dizer, uma moça, tinha aproximadamente minha idade, quinze ( 15 ) anos. Ela estava fugindo de algo, que por mais estranho que seja, eu não virá. A garota correrá na minha direção, com a cara de " Corre seu burro, que morre junto comigo ? ".

Ofegante, ela exclamará:

- Por favor, me ajuda, precisamos chamar Quíron.

Olhei para a garota, e falei, enquanto ela caia nos meus braços.

- Mais oque te deixou tão assustada ? - eu terminará de falar, e as árvores, do outro lado da arena, começara a se movimentar. Como se um dinossauro estivesse passando por ali. Derrepente, algo saltará para fora da floresta. Era um manticore. Seus pelos brilhavam conforme se mexia de acordo com a direção da lua. Sua cauda rija e pontiaguda não parava de se movimentar, esperando eu exitar para que assim, ela pudesse me matar.

Ele me fitava sem parar, indo de um lado para o outro. Olhei para a garota, e falei:

- Eu preciso cuidar dele, se a gente deixar o manticore sair daqui, aquela coisa pode machucar mais gente ... - exclamei - Agora, vá e avise Quiron.

A garota assentiu e saiu correndo, me deixando sozinho com o Manticore. Um rápido flash-Back passara pela minha cabeça. Devido ser noite, eu até teria uma chance contra o monstro, porém, não estava com minha foice, portanto teria que pegar uma arma de treinamento.

Retirei meu óculos do bolso e o pus em mim. Logo ele virará uma armadura de ferro estígio, completamente preta, como o céu no calar da noite. Caminhei lentamente até algumas espada a minha frente, sem perdeu o animal de vista.

Juntei duas Adagas amontuádas entre

_________________________________________________________________________________________
Hera: Muito bem! Mas deve tomar mais cuidados com alguns erros de português como uso de vírgulas onde não deve, alguns erros em palavras... Mas isso é normal, as vezes não percebemos, certo?
E eu queria ver o resto da história... Você não terminou :'C
Bem... Um pouquinho mais de atenção da próxima vez, tá? Darei 150 XP

avatar
Leonard
Filhos de Tântanos
Filhos de Tântanos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 08/05/2013
Idade : 26

Ficha do personagem
HP:
181/181  (181/181)
MP:
197/197  (197/197)
Level: 15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Leonard em Seg Maio 13, 2013 8:53 pm

Off: peço dsclps por ter eskecido o resto, bora continuar !

Juntei duas adagas amontoadas no chão, e as pus em posição de ataque. Sai correndo contra o mantícore, enquanto o mesmo posicionava sua cauda, prestes a lançar seus espinhos.

Sem mais nem menos, ele lançará, porém, fui rápido o suficiente, abrindo minhas asas negras e a pondo á minha frente. Algumas se quebraram ao contado com a asa, outras passaram zumbindo perante meus ouvidos. Rapidamente, as asas adentrarem de volta para minhas costas, me deixando um pouco mais leve. Me aproximei do animal, o mesmo estava pronto para se tocar contra mim. Entretanto, me toquei para o lado, e ao som do rosnado do mantícore soar pela arena, cortei uma parte de sua cauda.

- Rhaaaaaaaaá ! - Rosnara o animal enfurecido, que agora cairá com todo comprimento, exausto, mas ainda vivo.

Me levantara, ofegante, o suor escorrera do meu cabelo e cairá no meu olho direito, a ardência foi mais do que prescindível, cocei o mesmo e logo voltei contra o animal. Estava tentando se levantar, sua cauda, estava com uma parte cortada, a outra presa ao seu corpo, porém, conseguiu forças para se reerguer. Agora estava mais do que bravo, estava furiosos, seu olhar de quem diz " Agora eu te pego ", me dará um calafrio. A reação dele foi muito rápido, me deixando perplexo, bateu com sua cabeça contra minhas pernas, fazendo eu voar uns 2 metros do chão, dei uma cambalhota no ar, e cai com tudo no chão. A areia preta se erguerá do chão, fazendo com que eu, além da dor, tussir sem parar. Me levantei, com meu corpo num total de 90% gasto, o animal igualmente, aproveitei a chance, ele estava caído, com seus pelos dourados, que agora estavam pretos devido a areia.

Corri contra ele, porém ele fez o mesmo, se erguendo e vindo contra mim. Ambos íamos dar nosso ultimo golpe.

- Flaaap ! - o som das adagas soará, após eu ter abrido minhas asas, ter sobrevoado o animal, e ter cortado, por fim, sua cauda.

Caído, exausto, porém estava morto, era oque eu vira. Seu corpo, rapidamente, virara pó, deixando cinzas se espalharem pelo ar. Em seguida, Quiron, e alguns campistas, inclusive a garota que eu salvara anteriormente, estava ali. Cairá sobre a areia fofa, vendo somente um vulto de alguns campistas me recolhendo do chão
avatar
Leonard
Filhos de Tântanos
Filhos de Tântanos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 08/05/2013
Idade : 26

Ficha do personagem
HP:
181/181  (181/181)
MP:
197/197  (197/197)
Level: 15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Natália em Ter Maio 28, 2013 9:12 pm

Era um belo dia no acampamento, o sol brilhava e eu estava passeando pela floresta do acampamento, de bem com a vida, levando meu arco, minha aljava mágica e minha espada comigo, para o caso de que algum monstro surgisse e me atacasse.
Já fazia um bom tempo desde que eu havia começado meu passei e tudo estava tranquilo, quando algumas ninfas apareceram correndo e gritando, e olhei na direção de elas vieram. Tinha fumaça subindo, o que significava que tinha fogo. Fui ver o que estava acontecendo.
Chegando no local, um dragão estava incendiando a floresta, não faço ideia porque. Vejo uma pedra e vou me esconder atras dela, então pego meu arco e peço para que apareçam flechas explosivas na aljava, atirando-as no dragão. Uma das flechas que lancei acerta a boca do dragão, apesar dele estar lançando fogo e ter destruido boa parte das flechas, mas ele para de soltar fogo e se concentra em achar quem o atacou, apesar de não ser facil, pois eu havia me escondido. Como a couraça dele não parecia tão resistente e ele havia parado de lançar fogo, achei que seria bom terminar isso logo. Pego um flecha bomba de fumaça e atiro na direção da cabeça dele, o deixando impossibilitado de enxergar, então pego minha espada, e vou correndo na direção do dragão. Uso minha habilidade Fúria de Guerra para ganhar bonus na velocidade e na força, e tambem uso a habilidade Estrategista para prever onde o dragão ia atacar, pois ele ainda poderia me atacar pelo cheiro, então corto o pescoço dele e ele vira pó, então volto para meu chalé XD

Poseidon: ótimo treino, apesar de rápido ele possui todos os componentes necessários num bom post. Parabéns 400 XP
avatar
Natália
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena

Mensagens : 177
Data de inscrição : 13/10/2010
Idade : 18
Localização : No fim do mundo é que não é

Ficha do personagem
HP:
312/312  (312/312)
MP:
277/277  (277/277)
Level: 30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Leonard em Qua Maio 29, 2013 10:21 am

Era uma gloriosa noite no acampamento meio-sangue, o inverno chegará, e as fronteiras mágicas deixavam minúsculos flocos de neves adentrarem no acampamento. Porém, se acumularam, e criaram barreiras de neve, as quais para a alegria dos campistas foi a salvação da noite. Bolas de neve voando pra la, voando pra cá, nada mais além de felicidades,. Alguns ainda preocupados, como se nada aquilo bastasse.

Me agasalhei bem, e junto de meu armamento, e minha mochila do Death Note, sai em direção á arena.

Alguns campistas, filhos de Quione, treinavam no local. Entretanto, eram os únicos. Sentei-me na arquibancada, e fiquei olhando os mesmos treinarem.

( ... )

Eles haviam ido embora, e eu ficará ali, deitado, olhando as constelações das estrelas, o céu naquela noite estava extremamente lindo. Bem, exceto pelo momento que ...

As árvores do outro lado da arena começaram a se movimentar intensamente. Parecia um terremoto. Me levantei, Já ativando minha foice, e abrindo ambas as minhas Asas.


Seu pescoço era uma massa de músculos, e pelos que levavam a enorme cabeça, tinha um focinho tão comprido quanto meu braço, narinas ranhentas com reluzente anel de bronze, olhos pretos cruéis e chifres.

Era um Minotauro.

Não exitei e já avancei atacando. Sobrevoei o animal, cortando parte do seu braço, entretanto, sairá apenas montanhas e montanhas de pelos. Cortes mais duas, três, quatro vezes, porém, sem exito.
Retirei da minha mochila meu cetro, pelo qual apontei para o mesmo e fiz com que bolas de fogos começassem a sair dali, indo direto nas partes onde os pelos predominavam mais.

Algumas partes começaram a pegar um bocado de fogo, contudo, o animal começou a se debater, para apagar. No exato momento, aproveitei a chance, e ataquei sua perna direita. E para minha alegria, percebi que sua perna era o ponto fraco, investi duas vezes contra mesma, e o minotauro cairá de joelhos, entretanto, fechou os punhos e me rebateu, fazendo-me voar uns dez metros para longe dele.

Cairá com todo comprimento, como era possível eu ter atacado ele por mais de vinte golpes, e ele apenas me atacou uma vez, e mesmo assim, quase me aniquilou ? Obviamente, não deixaria por assim. Me levantei, retirando meu Arco de ferro estigio, e pondo minha aljva em minhas costas. Comecei a correr em zig-zang, lançando seguidamente três flechas, uma atrás da outra. Uma chuva de flechas cairá sobre suas costas e sua cabeça, o suficiente para deixá-lo desorientado.

Corri contra o mesmo, segurando-me no seu pelo e subindo sobre suas costas. Estava com uma flecha armada em sua cabeça quando, por mais rápido que eu pudesse, não conseguiria. O minotauro se levantará, fazendo eu me desequilibrar e cair pra trás. Ou seja, uma altura de três metros.

Ele ergueu sua pata direita, e tentou pisar por cima de mim, entretanto rolei para o lado, e, tentando ser o mais rápido possível, engatinhei para o mais longe possível. Guardei o Arco e a aljva, preparando minha foice, novamente.

Fixei meu olhar nas lentes de contato, e fiz a mesma se transformar em uma armadura de ferro estigio. Corri contra o minotauro, estava apenas dois metros longe dele. Tentou me atacar, batendo com sua mão no chão, porém, pulei sobre sua mão, subindo sobre seu braço, e cortando parte dele. O grunhido incessante de dor soará pela arena, o animal estava ainda mais bravo.

Desci o mais rápido possível de suas costas, entretanto, o mesmo me segurou com toda sua força, tendo a intenção, eu acho, de quebrar meus ossos internos.


Me pôs cara-a-cara com ele, a sensação era horrível, apenas seus olhos eram do tamanho da minha cabeça. Ele fez-me ficar imobilizado. Entretanto, minha força não era concentrada apenas em armamento. Fixei meu olhar nos olhos do minotauro, fazendo com que ambos ficassem totalmente negros, Fazendo com que uma Ilusão apocalíptica fosse imagina diante a imaginação da criatura. Sua mão estava ficando mais leve, até, por fim me soltou. Minhas asas estavam ardendo devido o aperto deixado pelo Minotauro. Rapidamente, abri minha mochila e retirei minha linha flexível de aço, sobrevoando o Minotauro, e fazendo o mesmo se enroscar. Ao momento que o mesmo tentou se soltar, cambaleou e caiu ao chão, fazendo uma onda de terra preta subir ao ar.

Fechei minhas asas, dando um sobre salto sobre o animal e ficando em cima do seu peito.

- Durma com o demônio ! - dissera, ao qual na mesma hora, enfiara a foice em seu peito, que em seguida, virou um pó de cinzas.



Spoiler:
Poderes utilizados:

feiticeiro de hécate :

Level 05-Controle dos Elementos [Inicial]: Com essa habilidade o feiticeiro pode controlar os quatros elementos (fogo, terra, ar, água) [Todos gastam 50 de MP]

*Fogo: O feiticeiro pode lançar pequenos jatos de fogo com a ponta do cajado (cetro) na direção do oponente.

Filho de Tânatos:

Nivel 10 - Ilusão da Morte II -Agora, voce pode criar ilusões mais convincentes, enganando a maioria dos montros e algumas pessoas. Usa 60 MP.

Off : se puder queria um chifre do minotauro : D



Você repetiu algumas palavras seguidas das mesmas, cuidado com isso, porém o resto ta bom.

300 xp

+ chifre de minotauro
avatar
Leonard
Filhos de Tântanos
Filhos de Tântanos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 08/05/2013
Idade : 26

Ficha do personagem
HP:
181/181  (181/181)
MP:
197/197  (197/197)
Level: 15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Ethan Fonnes em Dom Jan 26, 2014 3:52 pm




The red eye



O dia ainda era claro, mas dentro da floresta apenas resquícios de sol passavam pelas altas copas das árvores. Era possível ver os grãos de poeira voando por entre as sombras, aparecendo e sumindo a cara feixe de luz. Ia me aprofundando cada vez mais na floresta. O chão, antes de folhas mortas e raízes, se transformou em terra, úmida e firme. Ao olhar pra traz, vi que meus passos estavam marcados na terra molhada, e os sons de minhas passadas se distinguiam na floresta.

As árvores foram rareando e era possível se ouvir o som da água contra as pedras de algum córrego. O céu refletia o chão, verde e marrom. A terra se transformou em grama, e uma pequena clareira surgiu na minha vista. Era pequena, tinha no máximo 4 metros de raio. Aquele lugar tinha algo, meu sangue de semideus acorria por todo meu corpo, meus sentidos entraram em sintonia e meu corpo estava pronto. Minha mente não tinha ainda consciência, mas meu corpo sabia do perigo eminente.

Passo a passo, fui entrando na clareira, sua grama era verde, mas em alguns pontos ela estava bem ressecada e o amarelo brotava. Numa das paredes da clareira, havia um amontoado de pedras, elas formavam algo como um pequeno monte, e em sua parte dianteira havia um buraco. Ela parecia uma toca, com trepadeiras se enrolando em suas pedras e coco de aves no teto.  O lugar era bem calmo, com sol pegando boa parte do chão e os cantos das aves. O terror começou quando um som veio do monte, um rugido quase humano, mas mais feroz. Ele gritava e os ecos de seus gritos saiam pela porta do monte. De lá saiu um homem, mas um homem enorme com mais de dois metros de altura. Seus braços eram peludos, mas seu tronco era liso e com marcas de aranhões e cicatrizes passadas. Seu grande olho era de um preto profundo, e as veias pareciam estouradas, fazendo com que sua esclera ficasse em um tom rosado. Mesmo com seu olho ferrado, ele parecia ver bastante bem. Olhou em minha direção, e seu olho pareceu brilhar ao mesmo tempo em que um sorriso rústico surgiu em sua cara.

Não demorou muito para que ele já estivesse quase em cima de mim. Ele correu em minha direção como um trem, com os braços em minha direção tentando me agarrar. Nesse momento, minha cabeça pareceu explodir, meus sentidos tomaram conta de mim, e a razão pareceu não existir.  Corri em direção a suas mãos, grandes mãos calosas e peludas de um castanho escuro. Pulo para o lado esquerdo e sua mão passa por mim. Coloco-me novamente em pé, sacando com a mão esquerda minha única arma, uma espada curta.

Dessa vez, corro em sua direção, meus sentidos ajudam a me esquivar de seus ataques. Ele da um soco com a direita, mas com um rolamento para traz consigo facilmente me desvencilhar dele. Ele tenta novamente com a mão esquerda e dou um salto para direita, esse foi meu erro. Com um tapa da mão direita, vou parar do outro lado da clareira, voando cerca de 4 metros ate cair no chão e rolar. O mundo apaga por alguns segundos.

Desperto logo, me colocando em pé rapidamente pelo susto. O desmaio pareceu ter tomado uma eternidade, mas por sorte foram apenas alguns segundos. Ele esta pronto pra me pegar, mas dou uma esquiva em direção a sua coxa e utilizando o fio da espada, dou um corte em sua coxa. Com outro rolamento me afasto, tentando não virar novamente o alvo de um soco. Da espada pinga uma seiva gordurosa e vermelha, indo de encontro ao chão.

Ele parece sentir o ataque, mas nada que o prejudique tanto. Ele continua com seus ataques, e eu sempre dou um rolamento ou uma esquiva para me defender. Corro em sua direção, com a espada em punhos. Chego a cerca de 3 metros dele, pulo, dando uma finta, mas caio com um rolamento e me posiciono atrás dele. Usado a espada finco minha espada no flanco dele, quando ela sai a seiva dela brilha em vermelho. Ele cai para frente, seu sangue borbulha e evapora, o transformando em uma leve poeira dourada. Parte do sangue não evaporou, nem foi levada pelo vento, mas esse sangue era meu, não dele.

A queda havia causado um corte em minhas costas e eu havia ralado grande parte de meu lado direito. O sangue escorria, manchando minha camisa laranja rasgada. Minha cabeça voou, sem rumo. Uma oração silenciosa corria por meus lábios, enquanto eu voltava pelo caminho. Finalmente encontrei o final da floresta, onde ele terminava e um campo de terra batida. Onde uma grande casa azul estava alaranjada pela luz do sol poente. Caminhei com dificuldade até a casa e bati na porta.







Deméter: Perfeito! Vc tem talento, cara u-ú 500XP

Ethan Fonnes

Mensagens : 1
Data de inscrição : 25/01/2014

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Level: 3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Matt Ramlow em Qua Mar 05, 2014 5:16 pm

O sol brilhava na floresta do acampamento enquanto eu limpava minha espada sentado na grama perto de um lago por ali:

- A água desse lago é tão cristalina - Dizia eu enquanto admirava o lago e limpava a lâmina da espada.

Ainda limpando minha espada consigo observar o reflexo de alguma coisa ao longe na lâmina e cada vez mais, essa coisa se aproximava até que eu me viro e me deparo com um Minotauro de 3 metros de altura, carregando com si uma espécie de machado eu já estava me preparando para lutar aquela criatura era enorme mas por alguma razão desconhecida eu não estava com medo de enfrentá-la eu conseguia ler os olhos daquele bicho ele estava corrompido pela raiva o objetivo dele era me matar a qualquer custo mas eu não ia dar esse gostinho para ele eu já estava com meu escudo e minha espada em mãos e me preparava para mandar o primeiro golpe mas antes eu tentava ler com a mente os ataques daquele Minotauro para me dar vantagem na luta mas era sem sucesso ele avança para cima de mim com o machado eu consigo me esquivar jogando meu corpo para a direita rapidamente ataco o tórax cortando um pouco a pele da criatura fazendo ela urrar um pouco de dor ele tentava me acertar a qualquer custo mas eu conseguia defender quase todos os golpes com meu escudo, eu já estava cansado de recuar tanto, mas eu não poderia parar de me defender se não ele iria me matar eu já conseguia ver uma brecha para atacar meu oponente então rapidamente eu encravo a minha espada na perna do Minotauro fazendo ele urrar de dor mais ainda. Ele colocava um de seus membros superiores no corte feito pela minha lâmina e já me lançava um olhar devastador a fúria dele havia aumentado ainda mais, em um momento de distração ele me acerta  uma investida forte com o impacto do golpe me fez cair em um lugar longe dali eu não tinha desmaiado mais já estava quase sem consciência. Eu não conseguia pensar em mas nada, só nos meus amigos e no acampamento eu já estava preparado para o pior quando consigo ouvir uma bela e doce voz feminina que parecia estar me encorajando ela falava coisas como: - Vai deixar essa criatura te matar ? Essa voz me fazia lembrar da minha mãe. Eu me levanto e para evitar a morte me colocava em posição de luta novamente e me defendo de mais um golpe da criatura. Aquele Minotauro parecia estar confuso pelo fato de eu não ter sido morto por aquele ataque dele eu já estava cansado daquela criatura derrepente uma força desconhecida começou a surgir no meu corpo me fazendo avançar contra aquele Minotauro fazendo eu encravar a espada no tórax dele a criatura urra de dor novamente e agora jorrava sangue daquele corte profundo rapidamente retiro minha espada do tórax dele e agora encravo no seu peito bem perto do seu coração continuo encravando a lâmina ele se debatia e urrava em um choro retiro a espada do seu peito onde muito sangue começa a jorrar rapidamente assisto a cena da morte daquela criatura ela se ajoelhava em uma poça de sangue e parecia estar chorando e pedindo perdão a alguém com a mão em seu peito ao mesmo tempo a criatura se transformava em uma fumaça laranja que se dissipava no vento aquele dia ficou marcado na minha vida aliás eu nunca tinha visto uma criatura chorar e ainda mas um Minotauro por um momento senti pena misturada com orgulho pela morte dele o céu já estava começando a ficar alaranjado e o sol dava lugar para a lua afirmando que já era hora de voltar ao Acampamento.




Habilidades Usadas:
Nível 1 - Perícia com Escudo I : Os filhos de Atena controlam como ninguém os escudos, podendo se defender de mais golpes.

Nível 1 - Sabedoria : Por ser filho de Atena, você é o mais sábio entre os campistas, e saberá usar sua inteligência em batalha. Também pode ler muito rapidamente, e em qualquer língua ou dialeto.

Nível 1 - Ambidestria : O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Pericia Especial I : Os filhos de Atena podem escolher uma arma para se especializarem a lutar com ela, Nesse nível controlam ela melhor que a maioria dos campistas.


Eu sei que aqui não é o melhor lugar para pedir isso mas algum Administrador ou Moderador poderia atualizar meu Rank para Filho de Atena ? Ficaria agradecido Smile

-------------------------------------------------------------------------
Deméter: OI! Att seu rank, tá? kkkk
Adorei seu texto, vc usou o uso de poderes adequadamente e foi bastante criativo, mas a falta de pontuação não é uma boa. Deixa o envolvimento cm a leitura para trás e o texto fica todo muito confuso. Seja como for, parabéns, foi ótimo, só não se esqueça disso na próxima, combinado? Wink
Vc ganhou 200XP

_________________


Is The Love you know...
avatar
Matt Ramlow
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena

Mensagens : 7
Data de inscrição : 22/02/2014
Idade : 18
Localização : Chalé de Athena

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Level: 3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Área de Treinamento contra Monstros

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum